Skip to content

Minha experiência com o Gambiarra

julho 19, 2010

Tenho me disposto a dialogar, desde sempre. Como um estrangeiro, nas ruas de Curitiba, capturando meus queridos performers do “Projeto Gambiarra”, nessa coletiv-ação, tenho aprendido. Da formação de pesquisador, trago o “olhar do outro”, da formação de psicólogo, trago alguma sensibilidade [não muita!], de minha alma nômade, trago o interesse pelo eterno devir-aprendizado-diálogo. Nessa “função” de não-apenas-capturar, tenho me sentido capturado também. É todo um mundo novo para mim, estrangeiro que sempre fui, estrangeiro que me torno a cada dia, mas também como parte deste coletivo, que tem sido extremamente generoso comigo e tem me proporcionado ótimos momentos. A cada dia de ensaio sou outro. A cada conversa depois de nossas (!) ações tranformo-me. Isso me move.

Falta uma semana para a estreia. Ansiedade? Claro. Mas sem sofrimento não há movimento, pelo menos para mim.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. angeloluz permalink
    agosto 4, 2010 4:23 am

    Onde estão as fotos? Gostaria de ver as imagens antes de postar qq coisa! Valeu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: